quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Raças de Cães - Yorkshire Terrier

Origem e História
Durante a Revolução Industrial na Inglaterra, trabalhadores escoceses foram para Yorkshire trabalhar nas minas de carvão e fábricas têxteis. Esses trabalhadores levaram com eles um cão conhecido como Clydesdale Terrier(uma raça já extinta) ou Paisley Terrier.

Esses cães eram muito maiores do que o YorkShire Terrier que temos hoje, e eram usados para caçar ratos. 


Os terriers de Clydesdale provavelmente foram cruzados com outros tipos terrier como o Tan Terrier, Skye Terrier, o Maltês entre outros.
Cachorro Informativo Yorkshire moderno raças de cães para apartamento
(Foto Divulgação: Yorkshire)
E 1981 um Yorkishire Terrier foi mostrado em um show de bancada. O cão chamado de Huddersfield Ben nascido em 1865, tornou-se popular na mostra e é considerado o pai do Yorkshire moderno. A raça recebeu o nome da cidade onde foi desenvolvido em 1870.
 (Clydesdale/Paisley Terrier - Extinto)
Nessa época mulheres carregavam essas fofuras em suas bolsas ou nos braços. No início os Yorkies variavam muito de tamanho, o que tornava difícil a tarefa de descrever um padrão , então foi decidido que o menor tamanho era o ideal para o padrão da raça.
 

Características Importantes
(fonte: Dogtime.com e guiadoyorkshireterrier.com.br)

Eles podem ser difíceis de treinar, por serem 
pequenos e fofos os donos acabam deixando-os livres para aprontar e os recompensam com carinho. Isso é um erro grave.  Essas pequenos cavalheiros ou damas não gostam nem de frio nem calor demais. 
Os Yorkies adoram brincadeira e amam crianças, mas devido ao seu tamanho pequeno não são recomendados para famílias com crianças pequenas. Recomendado para crianças acima de 5 ou 6 anos, pois mais novas podem machuca-los seriamente.
 Essa doença afeta 85% dos cães - Leia Mais
Yorkies podem se dar bem com outros animais de estimação como gatos, se forem apresentados ainda filhotes. 

Ficha Técnica

Cachorro informativo : Ficha técnica
(Fontes: Dogtime.com e Dogs.petbreed.com)
Uma característica que se deve ter muita atenção é que os Yorkies, por serem 
resultado de cruzamento de cães maiores, não tem noção do próprio tamanho e força. Sim, eles acham que são bem maiores do que realmente são, enfrentando qualquer tipo de animal, inclusive cães de grande porte. Então é dever do dono protegê-los de si mesmos.

Alimentação

A quantidade de ração diária para essa raça é de 1/2 a 3/4 xícaras de ração de alta qualidade, dividido em duas refeições. Mas entenda que cada cão é um ser individual e sua alimentação depende do seu tamanho, metabolismo e no caso dos Yorkies, se ele for muito ativo, um pouco mais de ração é necessária, por isso observe seu cão para não deixá-lo com fome. Mas tome cuidado para não alimenta-lo em excesso e não deixa-lo obeso.


Saúde

Raças pequenas são propensas a problemas dentários, e Yorkies não são exceção. Eles tendem a formar muito tártaro em seus dentes deste filhotes, por isso é recomendado escovar seus dentes regularmente. 
Confiram 6 Produtos para manter a saúde bucal do seu cão em dia!
Os Yorkies gostam de brincadeiras e pequenas caminhadas para gastar sua energia e se manterem saudáveis.
Essa é uma raça geralmente saudável(com exceção de suas miniaturas, que costumam apresentar diversos problemas, por isso se pretende ter um Yorkie, que seja um cão padrão, comprando miniaturas você estimula criadores irresponsáveis a disseminar essa prática que só traz prejuízos aos nossos amigos caninos). Mas como toda raça, eles são propensos a algumas condições, as mais comuns para os Yorkies são:
  • Luxação Patelar
  • Atrofiação Progressiva da Retina
  • Hipoglicemia 
  • Colapso da Traqueia
  • Espirros Inversos

Pelagem

O pelo do Yorkie é sedoso, longo e reto, sem ondulações. Normalmente seus pelos crescem até o chão e fica a seu critério tosar ou não. E mesmo se você manter seu pelo curto é recomendado escova-lo todos os dias para mante-lo limpo e livre. Sua pelagem consiste de apenas uma camada, e por isso não se dão bem com o frio. Confira algumas das cores mais comuns abaixo: 








Quanto Custa um Filhote?

Como essa é uma das raças mais comuns do Brasil, é fácil encontrar criadores em todos os estados. O preço do macho pode variar de R$ 1000,00 a R$ 1300,00 e da fêmea de R$ 1300,00 a R$ 1600,00.







Fontes: http://dogs.petbreeds.com/               
             http://dogtime.com/
             http://designeryorkies.com/
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário